Sexta-feira, 27.01.12

I need more cowbell

tags:
publicado por CRG às 18:32 | link do post | comentar
Segunda-feira, 16.01.12

E não é que me ainda me faz rir às gargalhadas..

tags:
publicado por CRG às 13:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 23.09.10

Indignação (parte 2)

De acordo com a Federação Portuguesa de Atletismo o Futebol Clube do Porto não podia contratar esta atleta...

 

Mas esta já podia...

 

 

PS: Os meus queridos leitores julgaram encontrar aqui um erro crasso porquanto a atleta referenciada como podendo ser contratada pela secção de atletismo do Futebol Clube do Porto pratica triatlo. Ora, esta modalidade, como é óbvio, encontra-se sob a égide da Federação Portuguesa de Triatlo, não tendo qualquer relação com a Federação Portuguesa de Atletismo.

No entanto, esta comparação foi propositada para comprovar como a medida da FPA é perfeitamente irracional: até é possível proceder à contratação de uma atleta de triatlo desde que esta tenha nacionalidade portuguesa!

publicado por CRG às 10:42 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 20.10.09

Só neste país é que se diz só neste país

Há uma cena no filme "Os Dias da Rádio", em que o alter-ego do Woody Allen é sovado repetidamente pelo pai, mãe e rabi, sendo que, cada um deles, arroga-se a titularidade exclusiva de tal acto.

 

O português, que deve ser o povo que mais "bate" no próprio país: não respeita os espaços públicos; critica o que aqui se faz, sempre terminando com um "só neste país"; mas, como as personagens do filme, indigna-se quando um não-português faz o mesmo.

 

O problema é que Portugal deixou, há muito tempo, de ser um país, de trabalhar para um objectivo comum, um desígnio nacional. Vivemos para as aparências e para o Guiness: desde a maior ponte da Europa ao maior bolo-rei do mundo (o que explica os inúmeros tabus do Presidente Cavaco); obcecados pelo o que é dito sobre nós no estrangeiro.

 

E, quando essa aparência, o único orgulho que nos resta, é beliscada, é o aí jesus* com e-mails de indignação e petições a proibir a entrada no país destes "hereges".

 

Os "patriotas" não sabem, ou não querem perceber, que uma piada normalmente vai buscar estereótipos, exageros: os católicos não têm milhares de filhos, nem as mulheres dão ao luz enquanto trabalham, mas foram assim retratados pelos Monty Phython.

 

Se querem colocar petições e mostrar a vossa profunda indignação: olhem para o estado do nosso património cultural, os monumentos abandonados sem qualquer preservação; olhem para os números da pobreza; olhem para a desertificação que conduzirá a um novo sahara. 

 

Com tanto motivo de indignação deixem-se de novelas, sim?

 

 

* Não confundir com o "aí Jesus" que vai existir quando o FCP se sagrar penta-campeão.

música: Portugal, Portugal - Jorge Palma
publicado por CRG às 18:38 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

posts recentes

últ. comentários

  • Ups, as minhas desculpas :)
  • sem leitores o tanas
  • só posso assinar por baixo do que escreveu!!! Beij...

arquivos

tags

links

subscrever feeds

blogs SAPO

Statcounter

Posts mais comentados