Tutti Frutti

Eu sei, eu sei... Hoje devia falar da vitória do Porto na Europa. Ou da manifestação em defesa do Mercado Bom Sucesso. Ou da manifestação da CGTP. Ou da política actual. Mas a verdade é que comprei um iPad e hoje o investimento foi justificado. Hoje aconteceu algo grande. A Playboy está oficialmente no iPad.

As novas gerações não sabem o que é ter de ver o Tutti Frutti às escondidas dos pais, ou ter de esperar tempos infinitos pelo download de imagens numa ligação 56k. Como tal, este aparecimento de todas as revistas da Playboy no iPad, é como que um grito de liberdade do rapaz que pesquisava pela Pamela Anderson no AltaVista.

Para além disso, a indústria para adultos volta a inovar. A Apple, infelizmente, não aceita nudez na sua appstore. E enquanto muitos se queixam, e com razão, da censura da Apple, a Playboy decide lembrar-se que a web existe e faz uma app toda na web. Sem passar pela Apple, sem dar dinheiro à Apple, com toda a liberdade de fazer o que bem entenderem. Que muitos a sigam.

Quanto a mim, quando finalmente chegar o iPad, já sei qual vai ser um dos primeiros sites a visitar.

publicado por JSP às 15:58 | link do post | comentar