E se eu fizesse...

Seguindo o repto lançado pelo JSP, procurei imaginar que tipo de música faria se tivesse talento. Infelizmente, foi uma busca em vão.

 

Pensei, primeiro, em Van Morrison, o criador do "celtic soul", alma de Yeats e voz de Blues, vinda directamente do delta de Mississipi: piano, guitarras, sax...Piano, guitarras, sax: a trave mestra do sublime "Exile On Main St.". Gravar uma obra prima numa cave de um chateau da Riviera Francesa, gosto da ideia. Stones? Se calhar preferia então os Beatles.

 

Não, não...Jazz. Charlie Parker, é isso, criar o Be Bop. Ou então, bater nas teclas, literalmente dar porrada naquele marfim como se não houvesse amanhã, e extrair dali melodia como fazia o Monk. E o dançar junto ao piano? Pois, não é para mim, sou mais introvertido. Nick Drake? Depressão sem contraponto de humor é insustentável. The Smiths? Palma? Dylan? Argh...

 

Não sei, vou ali ao cruzamento vender a minha alma como o Robert Johnson e já volto...

tags:
publicado por CRG às 11:18 | link do post | comentar