61%!!!

Um dos pilares da democracia é a informação, sem a existência de um eleitor informado não haveria eleições. Esta proposição explica a tendência das ditaduras evitar a todo o custo a difusão de ideias, a proibição de livros, etc.

 

No entanto, numa série de estudos conduzidos em 2005 e 2006, pesquisadores da Universidade de Michigan descobriram que quando indivíduos eram expostos a factos, estes raramente alteravam a sua opinião, bem pelo contrário, estes tornavam as suas opiniões ainda mais fortes. Concluíram, então, que em vez de serem os factos conduziram as nossas opiniões, são, pelo contrário, as nossas crenças a ditaram os factos que escolhemos aceitar, ou distorcer os factos de forma a serem encaixados nas nossas opiniões, levando mesmo a aceitar acriticamente má informação apenas porque reforça as suas crenças, o que em contrapartida torna-nos mais confiantes que estamos certos. E depois?, depois votamos*.

 

Finalmente encontrei a explicação para o sucesso do Prof. Cavaco Silva nos diversos sufrágios a que foi submetido. Mas ainda há esperança que o candidato chegue aos 70%: a Visão só sai na quinta-feira, trazendo mais notícias sobre a relação SLN/Cavaco; e até Sábado o candidato ainda terá que falar um pouco mais, força camarada estamos contigo!

 

 

 

* Retirado daqui.

publicado por CRG às 11:02 | link do post | comentar