É a política, estúpido!

"A austeridade pode ser autodestrutiva" e "as medidas tomadas foram contraproducentes" são conclusões óbvias, previstos por economistas keynesianos e comprovadas pela realidade.


Na verdade, tais conclusões apenas são surpreendentes e dignas de notícia porque constam do relatório elaborado pela equipa do economista-chefe de uma instituição (FMI), que não só é uma das principais promotoras desta via, como, pelos relatos, pretende manter essa mesma política autodestrutiva e contraproducente.


Como escreveu Ralph Ellison, "Without the possibility of action, all knowledge comes to one labeled "file and forget". E, é esta impossibilidade de acção que deveria servir de aviso para todos aqueles que olham para a política com desdém. Ter razão não é suficiente.

 

Enquanto não for combatido e vencido este bloqueio todos os estudos, toda a realidade, todo o conhecimento acabam por ser arquivados e esquecidos.

 

tags:
publicado por CRG às 15:45 | link do post | comentar