W.A.S.T.E.

 

Durante cerca de cinco séculos, os serviços postais na Europa foram controlados pela família Thurn e Taxis, até serem absorvidos para os correios do Império Alemão em 1871.

 

Não é uma coincidência que o correio privado tivesse iniciado o seu declínio com o advento do Estado-Nação e encontrado o seu fim às mãos do primeiro estado social. Um serviço postal público é garante não só da soberania nacional como da liberdade de comunicação, com direito à privacidade e ao anonimato.

 

Ora, a privatização dos CTT acaba por ser mais um exemplo do fim da soberania nacional e do estado social em curso. 

tags: ,
publicado por CRG às 11:31 | link do post | comentar