Depressão

As palavras, como as fachadas dos prédios, são dadas como adquiridas, o olhar prende-se na montra, no significado mais corrente, perde-se todo o seu alcance, no que se encontra além do imediato.

 

Ora, não é por acaso que em economia há uma diferença entre recessão e depressão. A depressão envolve mais do que a mera crise económica, transforma um país num torpor -  uma letargia que invade tudo, tudo: abusos que seriam objecto de escândalo são resolvidos com um simples encolher de ombros - e por ser uma doença autocentrada exacerba os egoísmos.

 

Seems so easy
Just to let it go on by
Till you stop and wonder
Why you never wondered why.


"Fruit Tree", Nick Drake

publicado por CRG às 12:37 | link do post | comentar