Mex (Parte 3)

Após 12! horas de viagem estava no México. Viagem longa e cansativa para os meus parâmetros de turista mimado, um instante para os nossos antepassados. O que eu mais desejava naquele momento era chegar ao Hotel mas a odisseia ainda estava longe de terminar.

 

Logo à saída da manga que ligava o avião ao aeroporto havia uma fila para mostrar um formulário, que como é natural tinha um campo por preencher; a seguir uma outra fila para recolher a mala; mais uma fila para mostrar o passaporte e ainda outra fila para entregar o formulário que havia mostrado na primeira fila.

 

Se a paciência com filas não abunda, chegado à terceira tive vontade de gritar com os mexicanos a perguntar se era assim que queriam tratar os turistas que como eu traziam preciosas divisas para o seu país, que deviamos era ser recebidos de passadeira vermelha, seus igratos: tinha acabado de atingir o ponto 8,7 na escala de turista mimado. 

 

Felizmente, nessa altura, lembrei-me da loja do cidadão e da frase de Homero "Aguenta, coração; tu no passado já sofreste coisa pior." 

tags:
publicado por CRG às 11:20 | link do post | comentar