Time has told me

Eu sei, eu sei o Mundo não é justo...o tempo explicou-me isso. Aliás basta ler as páginas interiores dos jornais ou as edições internacionais para perceber que o Mundo está bem longe de ser um local justo.

 

No entanto, há sempre limites que se julga que não podem ser ultrapassados: alguém com um emprego, que trabalha não podia, não devia, estar abaixo do limiar da pobreza. E, no entanto, na UE 8,4% da população empregada com mais de 18 anos vivia abaixo do limiar de pobreza (e, portanto, estava em risco de pobreza), e em Portugal, essa percentagem atingia 10,3%. Estes são números de 2008 pelo que actualmente estes números serão mais elevados.

 

Apesar desta realidade, continua a existir uma pressão enorme no sentido de serem reduzidos os salários e aumentada a carga horária - o "factor trabalho" nesta novilingua - até que os trabalhadores se transformem em personagens de Metropolis...

 

 

 

 

publicado por CRG às 11:16 | link do post | comentar